F1 2014

F1 2014

A versão 2014 do F1 chega com um gostinho de 2013

Com a temporada 2014 de F1 chegando ao fim, os fãs poderão se consolar e esperar até a próxima temporada com o F1 2014, a simulação de referência de Fórmula 1. Ler descrição completa

PRÓS

  • Imerso na temporada 2014
  • Muito boa experiência de condução
  • Para todos os níveis de pilotos
  • Trilha sonora e novos sons dos motores

CONTRAS

  • Pobre em novidades
  • Um modo de carreira que não muda
  • Nenhuma melhoria gráfica
  • Tende um pouco para o arcade

Bom
7

Com a temporada 2014 de F1 chegando ao fim, os fãs poderão se consolar e esperar até a próxima temporada com o F1 2014, a simulação de referência de Fórmula 1.

Como todos os anos na mesma época, o Codemasters lança uma nova versão do seu jogo de corrida, nesta temporada de 2014 especialmente marcada por novos carros, novos circuitos e novas regras.

Chega o F1 2014 com suas novas regras

Em 2014, a F1 está entrando em uma nova era. Os motores V8 naturalmente aspirados foram substituídos por V6s turbo, cujo consumo é limitado a 100 kg de combustível por corrida; as caixas de câmbio aumentaram de 7 para 8; chassis foram rebaixados por razões de segurança; o último grande prêmio vale o dobro de pontos, há dois novos circuitos, etc. Novos regulamentos assim como normas técnicas do esporte completam a lista de tudo o que a Codemasters teve que incorporar em seu jogo para ficar mais próximo da realidade.

Você vai entender que com essas especificações, a maioria das novidades do F1 2014 se referem a uma atualização do conteúdo do jogo, para estar em sintonia com a temporada de 2014. Todas as equipes, pilotos e circuitos (dois novos circuitos da Áustria e Rússia) estão presentes e você vai voar com essas novas regras em vigor.

Em relação aos modos, nada de novidades. O F1 2014 também enterra o modo Clássico, presente na edição anterior, e que permitia ao jogador sentar ao volante de carros antigos. O modo carreira é essencialmente o mesmo, mas a grande diferença é que todas as equipes estão disponíveis desde o início. Não é necessário começar em uma equipe pequena, as portas da Mercedes, Red Bull e Williams estão abertas para você durante a sua primeira temporada. O modo Cenário permite reviver situações de corrida realistas, e também foi atualizado com novos eventos.

Nenhuma notícia realmente nova ou novos modos aparecem no F1 2014, que se prepara claramente para uma nova geração de consoles que terá uma versão prévia do F1 2015 no começo do ano.

A versão mais acessível da série F1

O coração da série sempre oscilou entre os estilos arcade e simulação. Este F1 2014 tem seu lado arcade e também quer ser a versão mais acessível da série. Um modo difícil muito fácil, e muito arcade, torna a primeira impressão o mais suave possível para iniciantes na F1.

Este modo de "engano" é simples: dá a impressão de andar sobre trilhos, dirigindo um F1 indestrutível e em uma corrida onde as regras não se aplicam. Várias vezes já aconteceu, tanto no modo muito fácil ou fácil, que um carro acabasse empurrado para o acostamento sem que o culpado sofresse qualquer penalidade.

Você não precisa passar no teste de jovens pilotos que permitiram aos iniciantes dirigirem um carro. Ele foi substituído por um sistema de avaliação que nada mais é que uma corrida, na qual você pode selecionar o nível adequado de dificuldade de acordo com o seu conhecimento.

Estas novidades são destinadas para os novatos, mas não suprimem de jeito algum os modos dos níveis de dificuldade mais elevados. Todas as opções para dirigir podem ser ajustadas, as ajudas desativadas, os carros ajustados nos mínimos detalhes (aerodinâmica, pneus, etc.) para ter um máximo de realismo. Os usuários habituais da série e fãs de simulações duras e rápidas, portanto, não terão nenhuma razão para se preocupar nesse sentido.

Em relação à direção, podemos perguntar se a sensação dos novos F1 é diferente do F1 de 2013. A resposta é simples: não. O comportamento dos veículos é o mesmo. Tem, no entanto, uma pequena impressão de que o efeito "faixas estáticas" nos níveis mais simples foi amplificado.

Se antes era muito fácil mudar de pista na largada nos jogos anteriores, agora é um pouco menos. As F1 "reais" de 2014 ainda têm menos aerodinâmica que no passado. Além disso, podemos perguntar se fazer o controle do consumo de combustível é ou não uma regra que limita o uso do mesmo. Mas o F1 2014 não tem uma definição clara sobre esta nova regra, então você pode enfiar o pé no acelerador sem se preocupar com o o consumo.

Abram caminho para os novos motores V6

Em relação aos gráficos, a diferença entre F1 2013 e F1 2014 é como o conteúdo: são os mesmos e são assim desde o começo. Este ano, o esforço foi inteiramente na criação de novos carros e novos circuitos.

Foi dada uma particular atenção ao novo som do F1. Ao deixar de fazer barulho na pista, o F1 2014 fez muito barulho sim foi na imprensa. Muito mais discreto, sério demais (os fãs nem sequer precisam de tampões nos circuitos) e ao mesmo tempo tirando a personalidade das Fórmulas 1, este novo som está presente no F1 2014. É o fim dos ruídos agudos e até estridentes do V8, substituída pelo ronco da V6. Cada modelo de motor soa diferente. Entre a Mercedes do Hamilton, a Ferrari de Alonso, e a Red Bull de Ricciardo, você aproveitará diferentes sons.

Uma grande atualização à espera de um próximo episódio

Claramente, este F1 2014 não traz muitas novidades para encher a boca. A maioria do trabalho foi o de atualizar o conteúdo da versão 2013 para ficar mais perto da temporada de 2014, e todas as suas alterações. Os puristas certamente irão se contentar com essa atualização que permite testar o novo F1 em seu PC, enquanto os novatos irão gostar dos modos mais fáceis de dificuldade, que permitem mergulhar no mundo da F1. Para receber mais novidades, devemos esperar pela versão 2015 e pelos lançamentos para os consoles de próxima geração. Pelo menos, espero que sim.